EXISTE DIFERENÇA ENTRE AS EXPRESSÕES “MEUS SÁBADOS” E “SEUS SÁBADOS”?

Um dos argumentos dos sabatistas para dizer que a guarda do sábado ainda é obrigatória é fazer distinção entre as expressões “meus sábados”, como se esses sábados fossem de Jeová e portanto, a ordem é eterna, e a expressão “seus sábados”, como se esses se referissem apenas aos sábados cerimoniais dos israelitas, sendo portanto somente estes não mais obrigatórios.

O que a bíblia nos diz sobre isso? Passemos a analisar.

Por exemplo, João 20:17 fala de “Meu Deus” e “vosso Deus”. Seriam dois Deuses diferentes ou se trata da mesma pessoa, de um só Jeová?

Um outro exemplo seria a respeito do Templo em Jerusalém. Jeová por diversas vezes chama este lugar de “minha casa”. (Ver Jeremias 12:7 ou 1 Reis 9:7) Mas em Mateus 23:28, Jesus diz: “Eis que a VOSSA casa vos fica abandonada.”

Será que teríamos agora dois templos diferentes? Ou será que se trata do mesmo local?

A casa de Jeová é Dele porque é usada pra Sua adoração. A casa é dos judeus é porque ali que eles podem adorar à Deus e está no território deles, ou seja, o território de Israel.

E sobre o sábados? Vejamos esse texto:

Neemias 8:1,2: “E todo o povo passou a ajuntar-se como um só homem na praça pública que havia diante do Portão das Águas. Disseram então a Esdras, o copista, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que Jeová ordenara a Israel. Por conseguinte, Esdras, o sacerdote, levou a lei perante a congregação de homens, bem como de mulheres e de todos os suficientemente inteligentes para escutar, no primeiro dia do sétimo mês.”

Prestemos atenção em alguns detalhes.

A leitura: LIVRO DA LEI (portanto, estava fora da arca, escrito por Moisés)

Data da leitura: primeiro dia do sétimo mês (não importa que dia da semana este caísse, seria uma sábado cerimonial)

E como a bíblia se refere a esse sábado cerimonial? Será que diz que é o sábado dos judeus, “seus sábados”?

A resposta esta nos versos 8 e 9: “E continuaram a ler alto no livro, na lei do [verdadeiro] Deus, fornecendo-se esclarecimento e dando-se o sentido [dela]; e continuaram a tornar a leitura compreensível. E Neemias, isto é, o Tirsata, e Esdras, o sacerdote, o copista, e os levitas que instruíam o povo passaram a dizer a todo o povo: “O dia de hoje é santo PARA JEOVÁ, vosso Deus. Não pranteeis nem choreis.”
Porque todo o povo estava chorando ao ouvir as palavras da lei. E ele prosseguiu, dizendo-lhes: “Ide, comei as coisas gordurosas e bebei as coisas doces, e enviai porções àquele para quem nada se preparou; pois este dia é santo PARA NOSSO SENHOR, e não vos sintais magoados, porque o regozijo de Jeová é o vosso baluarte.”

Portanto, um sábado cerimonial era o sábado de Jeová, não dos judeus.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s