ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMOS 74-78 DA SEMANA DE 18-24 DE JULHO DE 2016

download

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMOS 74-78

DA SEMANA DE 18-24 DE JULHO DE 2016

 

Sal 78:2 — Como essa profecia se cumpriu em Jesus? (w11 15/8 11 § 14)

O Messias falaria usando parábolas, ou ilustrações. O salmista Asafe cantou no SALMO 78:2. “Vou abrir a boca numa expressão proverbial.” Como sabemos que isso se aplicou profeticamente a Jesus? Mateus nos informa isso. Depois de narrar às ilustrações em que Jesus comparou o Reino a um grão de mostarda e ao fermento, Mateus diz: “Nada lhes falava sem ilustração; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta, que disse: ‘Abrirei a boca com ilustrações, publicarei as coisas escondidas desde a fundação. ’” (Mat. 13:31-35) O uso de provérbios ou parábolas era um dos eficazes métodos de ensino de Jesus.

 

Sal 78:40, 41 — De acordo com esse texto, que efeito nossas ações podem ter sobre Jeová? (w12 1/11 14 § 5w11 1/7 10)

EXEMPLO 1: O estudo da Bíblia mudou completamente o modo como IAN KING encarava a Deus. Ele aprendeu que não é Deus quem causa a maldade e o sofrimento, e que na verdade ele se sente magoado ao ver as coisas más que as pessoas fazem. IAN KING ficou determinado a nunca mais magoar a Jeová. Eu queria alegrar o coração de Jeová. Ele Parou de beber e de fumar, e abandonou sua vida imoral. Em março de 1994, foi batizado como Testemunha de Jeová. Esse exemplo serve para nós meditarmos se nossa conduta afeta os sentimentos de Jeová. Ou se nossas ações podem alegrar ou magoar a Deus.

——————————————————————————————————————–

EXEMPLO 2: O salmista diz: “Quantas vezes os israelitas rebelavam-se contra Jeová no ermo!” (Versículo 40) O versículo seguinte acrescenta: “Vez após vez punham Deus à prova.” (Versículo 41) Podemos que o escritor descreve um ciclo de rebelião. E não demorou muito para essa atitude ruim surgir. Ela começou no deserto, logo depois que eles foram libertos do Egito. O povo começou a resmungar, questionando se Deus era capaz de cuidar deles e se estava disposto a fazer isso. Quando o povo se rebelava eles “Faziam Jeová sentir-se magoado”, como diz o versículo 40. O que aprendemos desse salmo? É consolador saber que Jeová tem um forte apego a seus adoradores e não desiste facilmente deles. Ao mesmo tempo, podemos ver que Jeová tem sentimentos e que nossa conduta pode afetá-lo. Em vez de escolher um proceder pecaminoso e magoar o coração de Jeová, podemos escolher seguir um proceder correto e alegrar o Seu coração. E é exatamente isso que ele pede a seus adoradores: “Sê sábio, filho meu, e alegra meu coração.” (Provérbios 27:11) A melhor coisa que podemos fazer por Jeová é viver de uma forma que alegra o Seu coração.

 

O que a leitura da semana me ensinou sobre Jeová?

USE UNS DOS ARGUMENTOS ABAIXO

 

SALMO 76:10 — Como pode “o próprio furor do homem” louvar a Jeová? Quando Deus permite que humanos expressem sua ira contra nós, por sermos seus servos, isso pode resultar em algo positivo. Qualquer aflição que soframos pode nos disciplinar de alguma forma. Jeová só permite o sofrimento até o ponto em que este produz tal treinamento. (1 Pedro 5:10) ‘O resto do furor do homem, o próprio Deus se cinge dele.’ E se sofrermos a

ponto de morrer? Isso também pode louvar a Jeová, pois os que observam a nossa perseverança fiel talvez também venham a glorificar a Deus.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 77:6. Interessar-se de coração pelas verdades espirituais e procurá-las cuidadosamente requer tempo para estudo e meditação. É vital tirar tempo para alguns momentos de privacidade na nossa vida.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A morte quer do homem quer do animal, é como um sono. O salmista escreveu no SALMO 75:6. “Diante da tua censura, ó Deus de Jacó, adormeceram profundamente tanto o condutor de carro como o cavalo. Então se não fosse do propósito de Deus despertar as pessoas do sono da morte, elas nunca acordariam.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A menção de “possantes”, ou “anjos”, no SALMO 78, sugere que Jeová talvez tenha usado anjos para fornecer o maná. SALMO 78:25, nota. De qualquer modo, o povo tinha todos os motivos para agradecer a Deus a sua bondade. No entanto, a maioria mostrava uma atitude ingrata para com Aquele que os havia libertado da escravidão no Egito. Nós talvez também encaremos com indiferença as provisões de Jeová ou até fiquemos ingratos, deixando de meditar na benevolência dele. De modo que podemos ser gratos de que Jeová incluiu para “a nossa instrução” o registro da libertação de Israel e dos acontecimentos subseqüentes. —

 

Que pontos da leitura posso usar no serviço de campo?

USE UNS DOS DESTAQUES ABAIXO

 

A ‘tribo que Deus resgatou como sua herança’, mencionada no SALMO 74:2, refere-se evidentemente à inteira nação de Israel, falando-se dela como “tribo” ou povo distinto de outras nações e povos. Isto indica que no passado Jeová só tinha trato com a nação de Israel e só depois de algum tempo Deus abriu oportunidade para as outras nações.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Ao se aproximar o outubro de 1914, alguns dos Estudantes da Bíblia esperavam que, no fim dos Tempos dos Gentios, como cristãos ungidos pelo espírito, receberiam sua recompensa celestial. O irmão Macmillan num discurso disse: “Este é provavelmente o meu último discurso público, porque em breve iremos para a nossa morada [o céu].” Ele mencionou o SALMO 74:9 que diz: ‘Não vimos os nossos sinais; não há mais nenhum profeta, e ninguém conosco sabe por quanto tempo. ’ Isto era algo diferente. Num discurso ele disse: que procurei mostrar aos irmãos que alguns de nós fomos talvez um pouco precipitados demais em pensar que iríamos para o céu imediatamente, e que devíamos manter-nos ocupados no serviço do Senhor até que ele decidisse quando quaisquer de seus servos aprovados seriam levados para a morada celeste.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 74:13, 14 — Quando foi que Jeová ‘quebrou as cabeças dos monstros marinhos e esmagou as cabeças do leviatã’? “Faraó, rei do Egito”, é chamado de “o grande monstro marinho jazendo no meio dos seus canais do Nilo”. (Ezequiel 29:3) O leviatã talvez represente os “fortes de Faraó”. (Salmo 74:14, nota) O esmagamento de suas cabeças provavelmente se refere à derrota esmagadora de Faraó e seu exército quando Jeová libertou os israelitas do jugo egípcio.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 75:4, 5, 10 — O que significa o termo “chifre”? Os chifres de um animal são uma arma poderosa. Assim, o termo “chifre” simboliza poder, ou força. Jeová ‘ergue os chifres de seu povo’, enaltecendo-o, ao passo que ‘corta os chifres dos iníquos’. Somos alertados a não ‘exaltar o nosso chifre’, ou não assumir ares de orgulho ou de arrogância. Visto que é Jeová quem ‘enaltece’, as designações de responsabilidade na congregação devem ser encaradas como vindas dele. — Salmo 75:7.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 78:24, 25; nota — Por que o maná é chamado de “cereal do céu” e de “próprio pão dos anjos”? Nenhuma dessas expressões significa que o maná era o alimento de anjos. Era “o cereal do céu” no sentido de que sua fonte era celestial. (Salmo 105:40) Visto que os anjos, ou os “possantes”, residem no céu, à expressão “o próprio pão de anjos” talvez signifique simplesmente que o maná era fornecido por Deus, que reside no céu. (Salmo 11:4) É possível também que Jeová tenha usado anjos para fornecer o maná aos israelitas.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 74:17 expressa uma idéia similar, com referência ao Criador: “Foste tu quem fixaste todos os termos da terra; verão e inverno — tu mesmo os formaste.” O Altíssimo é responsável pela existência de termos naturais, como rios, lagos, mares e montanhas, os quais determinam onde as pessoas vivem. — Veja Je 5:22.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Todos, homens e mulheres, devem ser submissos aos que tomam à dianteira e devem esperar em Jeová para receber quaisquer nomeações ou designações de responsabilidade, porque a promoção vem Dele conforme relata o SALMO 75:6, 7. Conforme disseram alguns dos filhos levitas de Corá: “Escolhi ficar de pé no limiar da casa de meu Deus, em vez de andar em volta nas tendas da iniqüidade.” (Sal 84:10) Desenvolver tal humildade verdadeira requer tempo.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Jeová pode controlar as circunstâncias de tal modo que o iníquo, sem se aperceber, sirva ao Seu propósito. O salmista disse no SALMO 76:10. “O próprio furor do homem te elogiará; tu mesmo te cingirás do resto do furor.” Jeová pode permitir que Seus inimigos expressem sua ira contra Seus servos — mas apenas até o grau necessário para disciplinar e treinar seu povo. O que passa disso, Jeová torna sem efeito.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Lemos em Mateus 13:34, 35: “Jesus [falou] às multidões por meio de ilustrações. Deveras, nada lhes falava sem ilustração; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta, que disse no SALMO 78:2. ‘Abrirei a boca com ilustrações.’” O salmista escreveu essas palavras sob inspiração do espírito de Deus séculos antes do nascimento de Jesus. Nós devemos pensar no que isso significa porque com centenas de anos de antecedência, Jeová havia determinado que o Messias ensinasse por meio de ilustrações. Portanto, Jeová com certeza deve dar muito valor a esse método de ensino.

Anúncios

Um comentário sobre “ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMOS 74-78 DA SEMANA DE 18-24 DE JULHO DE 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s