ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMO 119 DA SEMANA DE 5 A 11 DE SETEMBRO DE 2016

apostila

Lembrando aos queridos irmãos, que esse post apenas serve de ajuda.

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAISDESTAQUES DE SALMO 119

DA SEMANA DE 5 A 11 DE SETEMBRO DE 2016

Sal 119:71 — Em que sentido pode ser bom passar por aflições? (w06 1/9 14 § 4) As dificuldades podem nos ensinar a confiar mais em Jeová, a orar a ele com mais seriedade, e a ser mais diligentes em estudar a Bíblia e aplicar o que ela diz. Além disso, modo como reagimos à aflição talvez revele falhas de personalidade que podem ser corrigidas. O sofrimento não nos deixará amargurados se permitirmos que ele nos refine.

Sal 119:96 — O que significa a frase “tenho visto que toda perfeição tem um limite”? (w06 1/9 14 § 5) O salmista está falando da perfeição do ponto de vista humano. É provável que ele tivesse em mente que o conceito do homem sobre a perfeição é limitado. Em contraste com isso, os mandamentos de Deus não têm tal limite. Suas orientações se aplicam a todos os aspectos da vida. A Nova Versão Internacional diz: “Tenho constatado que toda perfeição tem limite, mas não há limite para o teu mandamento.”

O que a leitura da semana me ensinou sobre Jeová?

USE UNS DOS ARGUMENTOS ABAIXO

SALMO 119:164 — O que há de significativo em louvar a Deus “sete vezes por dia”? O número sete geralmente indica inteireza. Portanto, o salmista está declarando que Jeová merece todo o louvor.

———————————————————————————————————————–

SALMO 119:97-101Ensinou-me que obter sabedoria, perspicácia e entendimento da Palavra de Deus nos protege contra o dano espiritual.

———————————————————————————————————————–

SALMO 119:105. Ensinou-me que a Palavra de Deus é uma lâmpada para o nosso pé no sentido de que ela pode nos ajudar a lidar com os problemas atuais. Figurativamente falando, ela também ilumina o nosso caminho, visto que prediz o propósito de Deus para o futuro.

Que pontos da leitura posso usar no serviço de campo?

USE UNS DOS DESTAQUES ABAIXO

A verdadeira felicidade depende de obedecermos à lei de Deus. (Salmo 119:1-8) Se fizermos isso, Jeová nos considerará ‘sem defeito no nosso caminho’. (Salmo 119:1) Não ter defeito não significa perfeição, mas indica que nos esforçamos em fazer a vontade de Jeová Deus. Noé “mostrou-se sem defeito entre os seus contemporâneos”, sendo um homem que “andou com o verdadeiro Deus”. Esse patriarca fiel e sua família sobreviveram ao Dilúvio porque tiveram um modo de vida conforme os padrões de Jeová. De modo similar, conforme o SALMO 119:4. sobreviver ao fim deste mundo depende de ‘guardarmos cuidadosamente as ordens de Deus’, fazendo assim a vontade dele. 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

De acordo com o SALMO 119:7,8 Jeová nunca nos abandonará se ‘o elogiarmos em retidão de coração e continuarmos a guardar os seus regulamentos’. Deus não abandonou o líder israelita Josué, que seguiu o conselho de ‘ler o livro da lei dia e noite para que pudesse fazer tudo o que estivesse escrito nele’. Isso o fez bem-sucedido e o habilitou a agir com sabedoria. (Josué 1:8) Perto do fim da vida, Josué ainda louvava a Deus e podia lembrar aos israelitas: “Vós bem sabeis, de todo o vosso coração e de toda a vossa alma, que não falhou nem uma única de todas as boas palavras que Jeová, vosso Deus, vos falou.” (Josué 23:14) Assim como Josué e o escritor do Salmo 119, podemos ser bem-sucedidos e felizes se louvarmos a Jeová e confiarmos na palavra dele.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

De acordo com o SALMO 119:9-16 Podemos ser espiritualmente puros se formos vigilantes segundo a palavra de Deus. Isso se dá mesmo que os pais não tenham dado um bom exemplo. Embora seu pai tenha sido um idólatra, Ezequias ‘purificou a sua vereda’, possivelmente de influências pagãs. E se um jovem que serve a Deus hoje cometer um pecado grave? O arrependimento, a oração, a ajuda dos pais e o auxílio amoroso de anciãos cristãos podem ajudá-lo a ser como Ezequias e a ‘purificar a sua vereda e ser vigilante’. — Tiago 5:13-15.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Embora tivessem vivido muito antes de o SALMO 119 ser composto, Raabe e Rute ‘purificaram a sua vereda’. Raabe era uma prostituta cananéia, mas ficou conhecida como uma adoradora de Jeová que agiu com fé. (Hebreus 11:30, 31) A moabita Rute abandonou seus próprios deuses, serviu a Jeová e acatou a Lei que ele havia dado a Israel. (Rute 1:14-17; 4:9-13) Essas mulheres, ambas não-israelitas, ‘foram vigilantes segundo a palavra de Deus’ e tiveram o maravilhoso privilégio de se tornar antepassadas de Jesus Cristo. Um excelente exemplo a ser imito por nós.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

“Como um jovem pode manter puro o seu caminho?”, perguntou um salmista hebreu há milhares de anos no SALMO 119:9 Essa pergunta ainda é válida hoje em dia, visto que os jovens se confrontam com muitos problemas no mundo. A atividade sexual promíscua expõe muitos jovens à Aids, sendo que cerca da metade dos portadores dessa terrível doença tem entre 15 e 24 anos de idade. O vício das drogas também causa muitos problemas, abreviando a vida de alguns jovens. Música degradante; filmes, programas de televisão e vídeos violentos e imorais; bem como a pornografia na Internet exercem uma devastadora influência sobre os jovens. Portanto, a pergunta feita pelo salmista é de grande preocupação para muitos pais e jovens hoje.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

“Como um jovem pode manter puro o seu caminho?”, perguntou um salmista hebreu há milhares de anos no SALMO 119:9 O mesmo salmista deu esta resposta à sua própria pergunta: “Por estar vigilante e agir de acordo com a tua palavra.” A Palavra de Deus, a Bíblia, certamente contém excelentes orientações para os jovens, e muitos deles, por segui-las, são bem-sucedidos na vida.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O salmista declarou que se preocupava com as leis, os mandamentos e as advertências de Jeová. Ele cantou no SALMO 119:15,48,97,99 “Vou meditar nas tuas ordens E manter os olhos nos teus caminhos Levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que tanto amo, E vou meditar nos teus decretos.Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro. Tenho mais perspicácia do que todos os meus mestres, Porque medito nas tuas advertências.” Considerarmos o estudo da Palavra de Deus parte da nossa adoração dá-lhe mais seriedade. Por isso deve ser feito cuidadosamente e com o benefício da oração. O estudo faz parte da nossa adoração e é feito para melhorá-la.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Jeová fornece alertas aos seus servos a fim de ajudá-los a enfrentar as pressões destes tempos difíceis. Alguns desses alertas, ou advertências, aparecem quando a pessoa lê a Bíblia, e outros vêm como informações ou comentários nas reuniões cristãs.  Esses alertas nos reanimam e nos ajudam a manter em foco as razões que nos motivaram a adotar uma vida de temor a Deus. Assim, o salmista cantou a Jeová no SALMO 119:24. “Gosto muito das tuas advertências; Elas são minhas conselheiras.”

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Gostar da palavra de Deus é um fator importante para continuarmos fiéis a Jeová. Se formos iguais ao salmista inspirado, teremos o forte desejo de entender “as coisas maravilhosas” da lei de Deus. Constantemente ‘ansiaremos as decisões judiciais de Jeová’ e mostraremos que ‘gostamos das suas advertências’, conforme o SALMO 119:17-24 Mesmo que tenhamos nos dedicado a Jeová há pouco tempo, será que ‘ansiamos o leite não adulterado pertencente à palavra’? Precisamos entender os ensinos bíblicos básicos para estar em melhores condições de assimilar e aplicar a lei de Deus.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Talvez gostemos dos lembretes de Deus, mas e se “príncipes” falarem contra nós por algum motivo de acordo com o SALMO 119:23,24 Atualmente, as autoridades muitas vezes tentam nos obrigar a colocar as leis dos homens acima da lei de Deus. Quando houver um conflito entre as exigências do homem e a vontade de Deus, o que faremos? Gostar da palavra de Deus nos ajudará a continuarmos fiéis a Jeová. Assim como os perseguidos apóstolos de Jesus Cristo, diremos: “Temos de obedecer a Deus como governante antes que aos homens.” —Atos 5:29.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Ezequias, que pode ter sido o autor do SALMO 119, escolheu “o caminho da fidelidade”. Fez isso embora estivesse rodeado de adoradores falsos, e membros da corte do rei talvez estivessem zombando dele. É bem provável que ‘sua alma, de pesar, tenha passado em claro’ por causa desses acontecimentos de acordo com o SALMO 119:28 Mas Ezequias confiava em Deus, era um bom rei e “fazia o que era direito aos olhos de Jeová”. (2 Reis 18:1-5) Se confiarmos em Deus, nós também poderemos perseverar sob provações e manter a integridade. — Tiago 1:5-8.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Temos que orar conforme expressa o SALMO 119:37 “Desvia os meus olhos do que é sem valor; Preserva-me vivo no teu caminho.” Nunca devemos considerar desejável algo inútil que Deus odeia. Entre outras coisas, isso nos induz a evitar a pornografia e práticas espíritas.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O estudo diligente da Palavra escrita de Deus nos habilita a ‘falar sobre as suas advertências diante de reis’ conforme relata o SALMO 119:46 A oração e o espírito de Jeová também nos ajudarão a dizer as coisas certas de maneira adequada. Paulo falava corajosamente sobre as advertências de Deus aos governantes do primeiro século. Com o apoio de Jeová, nós também podemos ser testemunhas corajosas, nunca tendo ‘vergonha das boas novas’.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Orações feitas com fé agradam ao nosso Pai celestial, e o mesmo se dá com o estudo da Palavra de Deus feito com oração. O salmista mostrou ter esta atitude excelente quando cantou no SALMO 119:48,66 “Levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que tanto amo, E vou meditar nos teus decretos, Ensina-me o bom senso e o conhecimento, Pois tenho confiança nos teus mandamentos.” Assim, ‘estendamos as palmas das mãos’ em oração humilde e exerçamos fé por cumprir com os mandamentos de Deus.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Embora falemos corajosamente como Testemunhas de Jeová, existem “presunçosos” — os que agem presunçosamente para com Deus — que às vezes ‘caçoam de nós ao extremo’. Conforme diz o SALMO 119:51. No entanto, quando oramos, podemos lembrar-nos de coisas positivas mencionadas na Palavra de Deus, e assim ‘achar consolo para nós’ de acordo com o SALMO 119:52 Nas nossas súplicas, talvez nos lembremos duma lei ou dum princípio bíblico que nos dá o consolo e a coragem de que precisamos numa ocasião aflitiva.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Os presunçosos que caçoaram do salmista eram israelitas — membros duma nação dedicada a Deus. Que vergonha! No entanto, diferentemente deles, estejamos decididos a nunca nos desviar da lei de Deus de acordo com o SALMO 119:51 Quando passaram pela perseguição nazista e por tratamento semelhante durante anos, milhares de servos de Deus negaram-se a se desviar das leis e dos princípios encontrados na Palavra de Deus. E não é um fardo obedecer a Jeová, porque como se expressou o Salmista no SALMO 119:54. Teus decretos são cânticos para mim, Onde quer que eu more.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SALMO 119:60,61 diz: Eu me apresso, e não demoro, Em guardar os teus mandamentos

“Cercam-me as cordas dos maus, Mas não me esqueço da tua lei.” As advertências de Jeová nos ajudam a suportar perseguição, porque confiamos que nosso Pai celestial seja capaz de cortar as cordas de restrições com que os inimigos nos prendem. No tempo devido, ele nos livra desses obstáculos, para podermos realizar a pregação do Reino.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O salmista escreveu sobre Jeová no SALMO 119:76 “Por favor, que o teu amor leal me console, Segundo a promessa que fizeste ao teu servo.” Uma notável maneira de Jeová consolar seus servos é por dar-lhes exortações e orientações conforme diz o SALMO 119:105 Como os chefes de família podem se beneficiar do exemplo de nosso Pai celestial e usar a língua para consolar os que estão aos seus cuidados? Podem fazer isso por proverem a necessária orientação e encorajamento. Que excelente oportunidade a Noite de Adoração em Família oferece para descobrir tesouros espirituais!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A palavra de Deus nos dá uma base sólida para confiar em Jeová conforme o SALMO 119:73-80 Se realmente confiamos no Criador, não teremos nenhum motivo para nos envergonhar. No entanto, por causa do que outros fazem, precisamos de consolo e talvez tenhamos vontade de orar assim igual ao SALMO 119:76-78 “Sejam envergonhados os presunçosos.” O fato de Jeová envergonhar esses presunçosos resulta em seus atos iníquos serem expostos e na santificação de Seu nome sagrado. Podemos ter certeza de que os perseguidores do povo de Deus realmente não conseguem nada. Por exemplo, eles nunca conseguiram nem conseguirão acabar com as Testemunhas de Jeová, que confiam em Deus de todo o coração.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O salmista disse no SALMO 119:92 que teria morrido na sua minha aflição se não tivesse gostado da lei de Deus’.  Não eram estrangeiros que o perseguiam; eram israelitas infratores da lei que o odiavam. Mas não era isso que o oprimia, porque ele amava a lei de Deus que o amparava.  Nem mesmo o ódio do mundo nos faz esquecer as instruções de Deus. Continuamos a fazer sua vontade em amorosa união com nossos irmãos, aguardando prestar serviço alegre a Jeová por toda a eternidade.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A respeito das Escrituras Sagradas, o salmista escreveu no SALMO 119:105 “Tua palavra é lâmpada para o meu pé, E luz para o meu caminho.” A Palavra de Deus pode nos orientar em segurança durante toda a vida, ajudando-nos a tomar decisões sábias e moralmente corretas sobre qualquer assunto, decisões que nos afetam agora e outras que podem nos afetar no futuro.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A palavra de Deus é uma fonte constante de luz espiritual. SALMO 119:105-112 Quer sejamos cristãos ungidos, quer seus companheiros, os das “outras ovelhas”. A palavra de Deus é como uma lâmpada que ilumina nosso caminho, para não tropeçarmos e cairmos espiritualmente. No entanto, precisamos, em base individual, deixar que a palavra de Jeová seja uma lâmpada para nosso pé.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

“O medo de ti (Jeová) faz meu corpo tremer; E tenho temor dos teus julgamentos”, disse o salmista no SALMO 119:120 Se quisermos que ele nos ampare como seus servos, é preciso ter temor salutar de Deus, que se manifesta por evitarmos tudo o que ele desaprova. O temor piedoso nos habilita a perseverar num proceder aprovado por Deus, independentemente do que tenhamos de suportar. No entanto, a perseverança requer que se façam orações sinceras com fé.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Uma vez que o salmista obedecia aos mandamentos de Deus, por que será que ele disse no SALMO 119:141 “Sou insignificante e desprezado”? Aparentemente, ele estava se referindo ao modo como seus inimigos o encaravam. Se mantivermos uma atitude intransigente a favor da justiça, talvez sejamos desprezados por isso. No entanto, o que realmente importa é que Jeová nos aprecia com favor porque vivemos segundo suas advertências justas.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

“Os que amam a tua lei têm grande paz”, expressou o salmista em canto no SALMO 119:165 “Nada pode fazê-los tropeçar”. Se pessoalmente amarmos e cumprirmos a lei de Jeová, não importa o que aconteça ou o que os outros façam — nada nos fará tropeçar espiritualmente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s