ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMOS 120-134 DA SEMANA DE 12 A 18 DE SETEMBRO DE 2016

apostila

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: DESTAQUES DE SALMOS 120-134

DA SEMANA DE 12 A 18 DE SETEMBRO DE 2016

Sal 123:2 O que a ilustração sobre “os olhos dos servos” nos ensina?

(w061/9 15 § 4)

Os servos e as criadas olham para a mão do amo ou da ama por dois motivos: para saber os seus desejos e para receber proteção e as necessidades da vida. Da mesma forma, nós olhamos para Jeová para discernir sua vontade e obter seu favor.

Sal 133:1-3 Que lição podemos aprender desse salmo? (w06 1/9 16 § 3)

A união do povo de Deus é agradável, saudável e revigorante. Não devemos perturbá-la por nos empenhar em críticas, brigas ou reclamações.

O que a leitura da semana me ensinou sobre Jeová?

USE UNS DOS ARGUMENTOS ABAIXO

SALMO 120:3,4. Se tivermos de suportar alguém que tem “língua falsa”, ou enganosa, é consolador saber que Jeová vai endireitar as coisas no devido tempo. Os caluniadores sofrerão calamidade às mãos “dum guerreiro”. Eles com certeza receberão o julgamento ardente de Jeová, simbolizado pelos “carvões acesos de giestas das vassouras”.

——————————————————————————————

SALMO 131:1-3 — De que maneira Davi ‘acalmou e aquietou a sua alma, como uma criança recém desmamada sobre a mãe’? Davi aprendeu a confortar e a acalmar sua alma da mesma forma que uma criança desmamada aprende a encontrar conforto e satisfação nos braços da mãe. Como? Por não ter um coração soberbo nem olhos altaneiros e por não ir atrás de coisas grandes demais para ele. Em vez de procurar destaque, Davi geralmente reconhecia suas limitações e demonstrava humildade. Somos sensatos por imitar sua atitude, em especial quando procuramos alcançar privilégios na congregação.

——————————————————————————————

SALMO 122:3 — Em que sentido Jerusalém era uma cidade “coligada em união”? Como geralmente acontecia nas cidades dos tempos antigos, as casas em Jerusalém eram construídas lado a lado. Por esse motivo, a cidade era compacta e, portanto, fácil de defender. Além disso, o fato de as casas serem muito próximas possibilitava aos habitantes recorrer uns aos outros em busca de ajuda e proteção. Isso indica a união espiritual das 12 tribos de Israel quando se reuniam para adoração.

Que pontos da leitura posso usar no serviço de campo?

USE UNS DOS DESTAQUES ABAIXO

SALMO 120:1,2,6,7. Conversa caluniosa e sarcástica pode causar em outros uma aflição insuportável. Controlar nossa língua é uma maneira de mostrar que ‘somos pela paz’.

——————————————————————————————

SALMO 127:1,2. Em todos os nossos empenhos, devemos buscar a orientação de Jeová.

——————————————————————————————

SALMO 133:1-3. A união do povo de Deus é agradável, saudável e revigorante. Não devemos perturbá-la por nos empenhar em críticas, brigas ou reclamações.

——————————————————————————————

Muitas pessoas interessadas talvez desejem louvar a Jeová, mas acham que não conseguem satisfazer os requisitos. É bom que se lembrem das palavras do salmista no SALMO 121:1,2 que diz: “Levantarei meus olhos para os montes. Donde virá a minha ajuda? Minha ajuda procede de Jeová, Aquele que fez o céu e a terra.” É evidente que o salmista levantou os olhos para os montes de Jerusalém onde ficavam o templo de Jeová e a sede terrestre do governo teocrático. Com base nisso, podemos concluir corretamente que a ajuda necessária para louvar a Deus e declarar a mensagem do Reino vem apenas de Jeová e sua organização.

——————————————————————————————

O salmista explicou que Jeová está sempre atento às necessidades de seus servos no SALMO 121:3,4  “Não é possível que ele permita que teu pé cambaleie. Não é possível que Aquele que te guarda esteja sonolento. Eis que não toscanejará nem adormecerá aquele que está guardando a Israel.” É inconcebível que Deus permita que os que confiam nele ‘cambaleiem’ ou sofram uma queda da qual não possam se recuperar. Por que Jeová é como um pastor bem alerta que toma conta de suas ovelhas. E é consolador pensar nisso. Ele não fecha os olhos às necessidades de seu povo nem por um instante. Ele vigia dia e noite sobre seus servos.

——————————————————————————————

O SALMO 121:5 diz: “Jeová é uma sombra protetora à sua direita.”Assim como um lugar à sombra dá proteção contra o sol abrasador, Jeová pode proteger seus servos contra o calor da calamidade, provendo-lhes sombra, ou proteção, debaixo de sua “mão” ou de suas “asas”.

——————————————————————————————

O SALMO 121:6 tem sido entendido por alguns como indicando uma crença na idéia de que doenças eram causadas pela exposição à luz da lua. Quando se lê o salmo inteiro, porém, torna-se evidente que tal pressuposição é infundada, visto que o salmo, em vez disso, expressa de forma poética a garantia da proteção de Deus contra calamidades sob todas as circunstâncias e em todas as ocasiões, quer à luz do sol de dia, quer à luz da lua à noite.

——————————————————————————————

Será que Jeová algum dia deixará de ajudar seu povo? Com toda certeza, isso nunca vai acontecer. O salmista concluiu no SALMO121:7,8 “Jeová o guardará contra todo mal. Ele guardará a sua vida.Jeová o guardará em tudo que você fizer, Desde agora e para sempre.” Podemos Notar que o escritor deixa de falar no tempo presente e passa a falar do futuro. Os verdadeiros adoradores recebem a garantia de que a ajuda de Jeová prosseguirá no futuro. Não importa onde estejam nem que calamidades enfrentem, eles sempre poderão contar com Sua ajuda.

——————————————————————————————

O SALMO 122:1 diz: “Alegrei-me quando me disseram: ‘Vamos à casa de Jeová. ’” Ao analisar a expressão do salmista, podemos notar: (1) como ele se sentiu quando foi convidado a prestar adoração a Jeová; (2) as boas amizades dele, que também estavam muito interessadas na adoração verdadeira; (3) o planejamento que deve ter sido necessário para se fazer o convite, reunir-se e fazer a viagem até a casa de Deus.

——————————————————————————————

Durante a época turbulenta que afligirá este sistema, precisaremos estar realmente unidos. A união espiritual que deverá haver entre nós pode ser comparada à disposição das casas na Jerusalém antiga. Aquelas casas haviam sido construídas tão perto umas das outras que o salmista descreveu Jerusalém como uma cidade “coligada”, o SALMO 122:3,4. Confirma isso.

Isso possibilitava que seus habitantes ajudassem e protegessem uns aos outros. Além disso, essa proximidade física podia muito bem representar a união espiritual da nação inteira nas ocasiões em que todas “as tribos de Jah” se reuniam para adoração. Hoje e nos dias difíceis à frente, mostrar essa união é fundamental.

——————————————————————————————

O SALMO 125:3 declara que “O cetro da maldade não permanecerá sobre a terra dada aos justos”. Estas palavras garantem que os justos não serão oprimidos para sempre por aqueles que exercem autoridade de modo iníquo.

——————————————————————————————

“Os que semeiam com lágrimas colherão com gritos de alegria.”, diz a Bíblia no SALMO 126:5 Como esse texto se aplica no nosso caso? Bem, se nós nos esforçarmos a aplicar princípios corretos em condições difíceis, nossas lágrimas com o tempo será substituídas pela alegria de receber as bênçãos de Deus.

——————————————————————————————

“A menos que Jeová construa a casa, É em vão que os construtores trabalhem arduamente nela.” Assim reza esta inscrição em latim. Estas palavras baseiam-se no SALMO 127:1 da Bíblia e expressam uma profunda verdade: todo empenho que não tiver a bênção de Jeová por fim será em vão.

——————————————————————————————

O SALMO 127:4 diz: “Como flechas na mão de um guerreiro, Assim são os filhos de um homem jovem.” Os filhos são aqui comparados a flechas que devem ser miradas no alvo com precisão. Depois que o arqueiro solta a flecha, é impossível pegá-la de volta. Os pais têm as “flechas” — os filhos — apenas por um período relativamente curto. Esse período deve ser usado para inculcar princípios divinos na mente e no coração dos filhos.

——————————————————————————————

O salmista bíblico aludiu a algumas das características da oliveira ao prometer àqueles que temem a Jeová no SALMO 128:1-3 que diz: “Seus filhos serão como brotos de oliveira ao redor da sua mesa.” Mudas cortadas duma oliveira crescida muitas vezes são usadas para plantar novas árvores. Além disso, nas oliveiras velhas talvez brotem rebentos das suas raízes, perpetuando-se elas assim a si mesmas. Os filhos, semelhantes a tais rebentos, rodeariam o pai, contribuindo a sua parte para a felicidade da família.

——————————————————————————————

A oliveira não só vive séculos, mas, se cortada, produz até cinco novos rebentos de suas raízes para desenvolver novos troncos, e as árvores velhas comumente também se perpetuam desta forma. Novas árvores são freqüentemente plantadas usando-se mudas cortadas duma árvore já crescida. Assim, a ilustração do salmista no SALMO 128:3 é muito apropriada ao assemelhar os filhos do homem abençoado a ‘mudas de oliveiras ao redor da sua mesa’.

——————————————————————————————

O que sugere a menção feita no SALMO 128:3 de filhos serem “como mudas de oliveiras” ao redor da sua mesa? Muitas vezes, novos brotos surgem na base do tronco duma oliveira. Quando o tronco principal duma oliveira velha não mais produz muitos frutos, brotos novos podem tornar-se troncos vigorosos em torno dela. De modo similar, os pais podem regozijar-se de ter filhos frutíferos servindo a Jeová ao seu lado.

——————————————————————————————

A Bíblia diz no SALMO 128:3,4 que o pai deve encarar os filhos como ‘mudas de oliveira ao redor de sua mesa’. Uma tenra plantinha não se torna uma árvore frutífera sem um bom cultivo, com nutrientes, solo e umidade adequados. Criar bem os filhos também exige trabalho e cuidados. As crianças precisam de um ambiente sadio para crescer à maturidade.

——————————————————————————————

Jeová não fica nos vigiando para ver todas as nossas falhas. O salmista escreveu no SALMO 130:3 “Se vigiasses os erros, ó Jah, ó Jeová, quem poderia ficar de pé?” A resposta subentendida é: ninguém. Se nos achegarmos a Jeová de pleno coração, seus olhos estarão sobre nós, não para nos condenar, mas para observar nossos esforços e para responder às nossas orações por ajuda e perdão.

——————————————————————————————

No SALMO 133:1 Davi escreveu “Vejam! Como é bom, como é agradável Irmãos viverem juntos em união!”, dando a entender que não são apenas relações sanguíneas que contribuem para a paz e a união entre irmãos carnais. De fato, afeição e interesses mútuos, não vínculos familiares, levaram Davi a chamar Jonatã de seu irmão. Companheiros com índole e disposição semelhantes, mesmo se forem más, são corretamente chamados de irmãos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s