Por que Jesus é chamado em Isaías 9:6 “Deus Poderoso” e “Pai Eterno”?

jw

 Nova Versão Internacional:

“E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro[29], Deus Podero­so, Pai Eterno, Príncipe da Paz.”

 João Ferreira de Almeida Atualizada:

“e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz”.

Bíblia de Jerusalém:

“e lhe foi dado este nome: Conselheiro-maravilhoso, Deus-forte, Pai-eterno, Príncipe-da-paz”

Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas:

“E será chamado pelo nome de Maravilhoso Conselheiro,*+ Deus Poderoso,*  Pai Eterno,*+ Príncipe da Paz.*+ ”

Muitos na tentativa de promover o ensino de que Cristo é o próprio Deus, a saber, o Ser Supremo que veio em forma humana, usam o texto de Isaías 9:6 onde fala que Cristo seria chamado de “Deus Poderoso” e “Pai Eterno”.
Observe em primeiro lugar que Jesus “seria chamado” assim. Ou seja, são títulos que ele receberia em vista de sua inabalável obediência a seu Deus e Pai, Jeová. De fato, lemos em Efésios 1:17:

“para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória vos dê um espírito de sabedoria…no conhecimento exato dele…”

… ou seja, neste verso notamos que Jesus tem um “Deus”. Para harmonizar Isaías com o restante da Bíblia os verdadeiros cristãos não se apegam a um texto ignorando outros textos. Textos tais como Efésios 1:17 não pode ser simplesmente descartado. Além disso, observe que Jesus recebeu tais títulos,  de “Deus Poderoso” e de “Pai Eterno”,  em vista de sua obediência a Jeová Deus, sob teste severo. Lemos em Romanos 5:19:

 

“Pois, assim como pela desobediência de um só homem muitos+ foram constituídos pecadores, do mesmo modo também pela obediência+ de um só muitos+ serão constituídos justos.+

Esta “obediência” de Cristo demonstra claramente o seu estado de subordinado a Jeová Deus, seu “Deus e Pai”. Paulo falando sobre esta obediência,  nos diz em Hebreus 5:7-9:

 

“ [Cristo,] nos dias da sua carne, ofereceu súplicas e também petições+ Àquele que era capaz de salvá-lo da morte, com fortes+clamores e lágrimas, e ele foi ouvido favoravelmente pelo seu temor piedoso.+ 8  Embora fosse Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu;+ 9  e, depois de ter sido aperfeiçoado,*+ tornou-se responsável pela salvação eterna+ de todos os que lhe obedecem,+ “

Observou? Cristo demonstrou estar sempre sujeito a Jeová Deus por :

 

  • Oferecer súplicas e petições
  • Havia alguém que podia salvá-lo da morte
  • Teve temor piedoso (Algo impossível se ele fosse uma só “essência” com Deus como ensinam os trinitários)
  • Aprendeu a obediência (Como pode Deus aprender algo e ser a “obediente”?)
  • Foi aperfeiçoado (Pode Deus ser “aperfeiçõado”?)

 

Em que sentido Jesus é chamado de “Deus Poderoso”?

No mesmo sentido em que a palavra “Deus” é aplicada a outros que não o Ser Supremo. Por exemplo, Moisés foi chamado de “Deus” em Êxodo 7:1 em vista do poder que recebeu de Jeová Deus. Anjos são assim chamados (Salmo 8:5) e até mesmo humanos em João 10:34,35. Anjos e homens são apropriadamente chamados de “deuses” na Bíblia Sagrada, mas em sentido subordinado.( Leia este artigo sobre o significado da palavra Deus) De maneira similar, se um colega de empresa se dirige a seu chefe máximo e o chama de “Presidente”, isto não quer dizer que ele seja “O Presidente”  de toda aquela nação. Da mesma forma que a palavra “Deus” em hebraico, Elohim é corretamente usada quando se refere a seres criados por Deus, mas que recebem privilégios e autoridade divinamente concedidas (não são “falsos deuses”). Jesus é chamado de “Deus Poderoso” em Isaías 9:6 da mesma forma que anjos são chamados de “poderosos” em textos que se usa a mesma palavra hebraica Gibór usada em Isaías 9:6.(Veja o Salmo 103:20 na  New American Standard Exhaustive Concordance of the Bible) Apropriadamente, a LXX que Jesus usava e citava, reza em Isaías 9:6:

“”e seu [do Messias] nome é chamado de Anjo [aggelos, mensageiro] do Grande Conselho.”

O antiquíssimo escritor cristão (circa. 160 A.D.) Justino O Martir citou Is. 9:6 como  “O Anjo do poderoso Conselho” – “Dialogo com Trifão,” cap. LXXVI. FONTE clique aqui

Portanto, a luz destes outros textos, notamos que Cristo Jesus é chamado de “Deus Poderoso” por ter recebido muito poder e autoridade concedidos por Jeová Deus.

Jesus não é chamado de “Deus Todo Poderoso”,(Hebraico.: El Shaday)  frase essa aplicada exclusivamente a Jeová Deus em toda a Bíblia Sagrada. Antes é chamado de “Deus poderoso” (Hebr. El Gibor)

Por que Jesus não é chamado PANTOKRATOR em grego e EL SHADAY em hebraico em nenhum lugar? Simples, ele não é o Todo Poderoso. Apenas Jeová Deus o é. Será que a Bíblia confirma esta interpretação de que Jesus Cristo “recebe poder e autoridade”? Sim! Lemos em Daniel 7:13,14:

““Continuei observando nas visões da noite e eis que aconteceu que chegou com as nuvens+ dos céus alguém semelhante a um filho de homem;*+ e ele obteve acesso ao Antigo de Dias,+ e fizeram-no chegar perto perante Este.+ 14  E foi-lhe dado domínio,+ e dignidade,+ e um reino,*+ para que todos os povos, grupos nacionais e línguas o servissem”.

 

O antigo de Dias neste texto é Jeová Deus ao passo que aquele que “chega perto” e “recebe domínio e um reino” é Jesus Cristo.

Durante muitos anos a Tradução João Ferreira de Almeida sutilmente vertiaMateus 28:18 onde Cristo diz: “Foi me dada toda autoridade” por “foi me dadotodo poder“. Isso era uma tradução sutilmente enganosa. Ninguém poderia ter “todo o poder” a não ser Jeová Deus, a fonte de todo o poder.(Isaías 40:18,25,26) A palavra grega usada em Mateus 28:18 não é “poder” ( dynamis)  e sim  “Autoridade.” (gr.: e·xou·sí·a; lat.:po·té·stas; hebr.: mim·shál). Felizmente, de um tempo para cá a Almeida Atualizada decidiu verter mais exatamente a palavra grega, de forma que agora eles usam a mesma palavra “autoridade” que já vem sendo empregada neste verso na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas desde 1950! Na verdade, Clérigos católicos e Evangélicos (isto é Padres e Pastores) a séculos vem perpetuando adulterações e inexatidões a fim de promover a antibíblica doutrina da trindade.

Quando Jesus foi chamado em Isaías 9:6 de “Pai Eterno” observe mais uma vez que isso se dá devido “ao zelo de Jeová dos Exércitos” que faria isso, diz Isaías 9:7. Não era algo que ele sempre seria chamado, mas tal título foi recebido ou foi lhe “dado” em vista de sua obediência.

Os próprios trinitários afirmam que é errado dizer que o Filho é o Pai e que o Pai é o Filho. Então porque citam Isaías 9:6 para tentar apoiar a doutrina da trindade? Vai entender este povo confuso. Cristo conseguiu este título de “Pai Eterno” devido sua obediência. Por meio dela Cristo salvou milhares de humanos condenados a morte tornando-se “Pai Eterno” destes.

Seria enganoso afirmar que Jesus é o “Pai da Eternidade” com a clara intenção de dizer que ele “sempre existiu” Por que? Cristo é chamado de “o primogênito de toda a criação” em Colossenses 1:15 e o “princípio da criação de Deus” emRevelação 3:14. Ele teve um começo. Foi o primeiro de todos os seres criados por Jeová Deus e vivia muito tempo antes de nascer no ventre de Maria. Jesus já existia nos céus. (Para uma consideração cabal deste assunto visite jw.org ou leia este artigo) Por isso ele disse em João 8:23:

“Vós sois dos domínios de baixo, eu sou dos domínios de cima, vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo”

Evangélicos tendem a interpretar isso como uma afirmação de que “Jesus é o próprio Deus”. Mas isto está errado! Aqui o que diz é que Jesus já vivia antes, no domínio celestial. Como vimos nos textos que citei, ele fora criado por Jeová como o primeiro de todos os seres espirituais. Pergunta a um “pastor” qual foi a primeiríssima criação de Deus. Até hoje não ví um responder esta pergunta, uma vez que não aceitam o texto de Colosseses 1:15, e o distorcem. Adicionalmente, a palavra “eterno” usada em Isaías 9:6 não se refere a eternidade no passado e futuro. Observe o que diz um dicionário de lingua portuguesa a respeito da palavra “eterno”:

 

Significado da palavra “Eterno”

Dicionário Caldas Aulete

eterno

(e.ter.no)

a.

1. Que não tem início nem fim: Ninguém é eterno.

2. Que tem começo mas não tem fim.

Read more: http://aulete.uol.com.br/eterno#ixzz2klQtEiHk

Em hebraico foi usada a palavra “ עַד” que tem a mesma definição que a palavra “eterno” em português. Pode se referir a algo que sempre existiu como também algo que não existiu mas sempre existirá. Esta é uma das definições dadas no respeitado dicionário de hebraico abaixo.

I. עַד and וָעֶד (portanto sempre) substantivo masculino perpétuo (= tempo a frente, compare com Assírio adû, tempo nos tempos presentes); —1 de tempos passados: מִנִּי עַר Jó 20:4; הררי עד Habacuque 3:6  mountanhas da antiguidade (compare עולם 1). **portanto Gênesis 49:26 (leia הַרְרֵי עַד for הוֺרַי עַד).

2 de tempos futuros, לָעַד (usualmente לָעד) para sempre:

a. durante o tempo de vida de um Rei  salmo 21:7; Provérbios 29:14; de outros Salmo 9:19; salmo 22:27; salmo 61:9;Provérbios 12:19…”

 

Acredito que alguns dicionários não são tão exatos, como é o caso de algumas concordâncias, Strong e outros. Portanto, nada como observar como a palavra é usada nas Escrituras Sagradas a fim de saber seu significado exato. Afinal cremos que a Bíblia interpreta ela mesma!

Em Jó 19:24 a palavra hebraica “eterno” ou “para sempre” é mencionada  quando se fala “das palavras” de Jó. Lemos que estas seriam “gravadas…na rocha para sempre  (hebraico  עַד Ad). É obvio que “as palavras” de Jó não são de eternidade a eternidade. Muito embora tiveram um começo, perdurarão para sempre. De maneira similar o Salmo 21:4 fala numa melodia de Daví a respeito de alguém pedir a vida e recebê-la “para todo o sempre”, (a mesma palavra hebraica usada emIsaías 9:6 para “eterno”). Ou seja, fala-se de algo que tem começo mas não terá fim. O Salmo 37:29 fala dos justos que no futuro “possuirão a terra e residirão sobre ela para todo o sempre”. Eles ainda não possuiram a terra. Isto será algo a ser concretizado no futuro,  sob o Reino de Deus, e quando for alcançado será algo para sempre. Mas não que isto sempre aconteceu desde o passado indifinido.

Numa profecia proferida em Números 24:20 onde se emprega a mesma palavra hebraica para “eterno” encontrada em Isaías 9:6 fala-se de Amaleque “perecer para sempre”. A palavra “para sempre” ou “eterno” é usada nas Escrituras Sagradas em sentido temporal que não indica necessariamente“eternidade” sem começo ou fim. (Pode confirmar isso adicionalmente em 1 Crônicas 28:9; Salmo 92:7; 132:12) Alguns ao citarem Isaías 9:6 em versões da Bíblia que chamam a Cristo de “Pai da Eternidade” procuram extrair deste texto algo que ele não diz e que não é idicado de forma alguma na palavra hebraica ( עַד) usada. Por outro lado, o Salmo 90:1,2 falando de Jeová (visto que no verso 1 aparece o tetragrama) diz que ele é “de eternidade a eternidade”.

Um outro ponto importante que passa despercebido a muitos é a própria terminologia usada em Isaías 9:6 onde lemos que Cristo seria chamado de “Príncipe da paz”. Como sabemos, um príncipe é o filho de um Rei. E não o próprio Rei! Até mesmo o respeitado perito em hebraico em sua Gramática Hebraica de Gesenius compreende o sentido subordinado dos títulos aplicados a Jesus Cristo e verte Isaías 9:6 falando do Messias onde o  chama não de Deus, mas “Herói Poderoso” p. 45, Gesenius’ Hebrew-Chaldee Lexicon.

Em vista destas observações, fica mais do que claro que, citar Isaías 9:6 e ignorar o restante da Palavra de Deus é usar a Bíblia Sagrada de modo seletivo para que se encaixe de modo enganoso naquilo que cremos. “Toda a escritura é divinamente inspirada”. Não apenas as partes que parecem apoiar o que cremos.

 

FONTE: https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/11/16/por-que-jesus-e-chamado-em-isaias-96-deus-poderoso-e-pai-eterno/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s