ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS – ISAÍAS 38-42 DA SEMANA DE 23-29 DE JANEIRO DE 2017

apostila-12017

Is 38:17 — Em que sentido Jeová lança os nossos pecados atrás dele? (Sentinela 01/07/03 pág. 17 parág. 17)

 

Jeová pega os nossos pecados e joga-os para trás de si, onde Ele não pode vê-los nem notá-los mais. Is 38:17 Segundo certa obra de referência, a idéia desse texto pode ser expressa assim: “Acabaste com os [meus pecados] como se eles não tivessem acontecido.” Não acha isso reanimador?

Is 42:3 — Como Jesus cumpriu essa profecia? (Sentinela 15/02/15 pág. 8 parág. 13)

 

A compaixão de Jesus o motivava a falar de modo terno, especialmente ao conversar com pessoas oprimidas. O apóstolo Mateus aplicou a Jesus estas palavras de Isaías: “Não quebrará nenhuma cana esmagada; e quanto à fraca mecha de linho, não a apagará.” (Isa. 42:3; Mat. 12:20) As palavras de Jesus animavam os que eram como uma cana esmagada ou como o pavio de uma lamparina prestes a se apagar. Ele pregava uma mensagem de esperança “para pensar os quebrantados de coração”, ou seja, para aliviar seu sofrimento. (Isa. 61:1) Ele convidou aqueles que estavam “labutando” e “sobrecarregados” a recorrer a ele, garantindo-lhes que ‘achariam revigoramento’. (Mat. 11:28-30) Ele assegurou seus seguidores de que Deus se preocupava ternamente com cada um de Seus adoradores, incluindo os “pequenos” — pessoas que não são encaradas como importantes pelo mundo. — Mat. 18:12-14;

 

O QUE A LEITURA DA SEMANA ME ENSINOU SOBRE JEOVÁ?

 

Você tem algum amigo de quem não sabe o nome? Provavelmente não. Irina, uma mulher da Bulgária, comentou: “Não é possível ser amigo de Deus se você não sabe o nome dele.” Felizmente, Deus quer que você se achegue a ele. Por meio da Bíblia, ele se apresenta a você ao dizer emISAÍAS 42:8 “Eu sou Jeová. Este é meu nome.”

******************************************************

E os que persistem em adorar deuses falsos? Jeová diz em ISAÍAS 42:17“Terá de fazer-se que retrocedam, ficarão muito envergonhados, os que põem a sua confiança na imagem entalhada, os que dizem a uma imagem fundida: ‘Vós sois os nossos deuses.’” Quão vital é permanecermos fiéis a Jeová, como fez seu Escolhido!

******************************************************

ISAÍAS 40:27, 28 — Por que Israel dizia: “Meu caminho ficou escondido de Jeová e a justiça para comigo escapa ao meu próprio Deus”? Alguns judeus em Babilônia talvez achassem que as injustiças que sofriam estavam escondidas de Jeová, ou que ele não as via. Lembrou-se a eles que Babilônia não estava fora do alcance do Criador da Terra, que não se cansa nem se fatiga.

 

QUE PONTOS DA LEITURA POSSO USAR NO SERVIÇO DE CAMPO?

 

ISAÍAS 38:8 — O que eram os “degraus” nos quais se fez com que a sombra retrocedesse? Visto que os relógios de sol eram usados tanto no Egito como em Babilônia no oitavo século AEC, esses degraus talvez se refiram aos graus de um relógio de sol possivelmente adquirido por Acaz, pai de Ezequias. Ou é possível que houvesse uma escada dentro do palácio e uma coluna ao lado dela que, aos poucos, lançava sombra sobre os degraus, o que serviria para marcar o tempo.

******************************************************

ISAÍAS 38:9-20. Esse cântico de Ezequias nos ensina que nada na vida é mais importante do que poder louvar a Jeová.

******************************************************

ISAÍAS 40:10-14,26,28. Mostra que Jeová é forte e gentil, todo-poderoso e todo-sábio, e muito maior em entendimento do que possamos compreender.

******************************************************

ISAÍAS 40:17, 23; 41:29; 44:9; 59:4. Mostra que Alianças políticas e ídolos são ‘irrealidades’. Confiar nessas coisas não tem nenhum valor.

******************************************************

 

ISAÍAS 42:18, 19; 43:8. Fechar os olhos à Palavra escrita de Deus e tapar os ouvidos à instrução divina dada por meio do “escravo fiel e discreto” significa tornar-se espiritualmente cego e mudo. — Mateus 24:45.

******************************************************

Num comovente cântico de gratidão, composto depois de ele ter sido poupado de uma doença mortífera, Ezequias disse a Jeová em ISAÍAS38:17 “Lançaste todos os meus pecados atrás de ti.”  Aqui, descreve-se Jeová como que pegando os pecados do transgressor arrependido e jogando-os para trás de si, onde Ele não pode vê-los nem notá-los mais. Segundo um dicionário, a ideia desse texto pode ser expressa assim: “Acabaste com os [meus pecados] como se eles não tivessem acontecido.” Isto nos ensina que quando Jeová nos perdoa, Ele não fica remoendo o passado igual aos humanos impefeitos.

******************************************************

O comovente hino de gratidão que Ezequias compôs depois de recuperar a saúde indica que era um homem de muita sensibilidade. Ele concluiu que a coisa mais importante na vida era poder louvar a Jeová no Seu templo “todos os dias da nossa vida” conforme relata ISAÍAS 38:9-20. Que tenhamos todo esse mesmo sentimento para com a adoração pura!

******************************************************

Apesar de sua imperfeição, Ezequias era um homem de fé. Ele sabia que seu Deus, Jeová, é uma pessoa real, que tem sentimentos. Quando estava sob pressão, Ezequias orou fervorosamente a Jeová, e foi atendido. Jeová Deus concedeu-lhe paz pelo resto de seus dias, pelo que Ezequias se sentia grato, conforme o relato de ISAÍAS 39:8 Da mesma forma, Jeová deve ser real para nós hoje. Ao surgirem problemas, como no caso de Ezequias, recorramos a Jeová em busca de sabedoria e de uma saída, “pois ele dá generosamente [sabedoria] a todos, e sem censurar”. (Tiago 1:5)

******************************************************

Depois que os mensageiros de João partiram, Jesus revelou às multidões que João era mais do que um profeta, que ele era, na realidade, aquele a respeito de quem escrevera Malaquias, profeta de Jeová. Também aplicou a profecia de ISAÍAS 40:3 a João, como já o fizera Zacarias, pai de João. — Mal 3:1; Mt 11:7-10; Lu 1:67, 76; 7:24-27. A profecia dizia: A voz de alguém está clamando no deserto: “Preparem o caminho para Jeová! Façam no deserto uma estrada reta para o nosso Deus

******************************************************

João, o Batizador, foi em realidade o precursor de Cristo, em cumprimento de ISAÍAS 40:3 que diz: “Alguém está clamando no ermo: ‘Desobstruí o caminho de Jeová! Fazei reta a estrada principal. ’” “Envio o meu mensageiro e ele terá de desobstruir o caminho diante de mim.” Por conseguinte, a proclamação antecipada feita por João moveu o povo a aguardar e a esperar Jesus, para que, por sua vez, pudessem escutá-lo, honrá-lo e segui-lo. (Mt 3:1-12; 11:7, 10, 14; Mr 9:11-13; Lu 1:13-17, 76; Jo 1:35-37) De modo similar, enviaram-se mensageiros à frente de Jesus, e estes se dirigiram a uma aldeia de samaritanos, “a fim de fazerem os preparativos para ele”. — Lu 9:52.

******************************************************

Em ISAÍAS 40:3 O profeta Isaías havia predito que surgiria um homem para preparar o caminho para o trabalho vital do Messias. Esse precursor foi João Batista. Quando viu Jesus, ele exclamou: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” Alguns dos discípulos de João logo seguiram a Jesus. Um deles disse: “Achamos o Messias.” — João 1:29, 36, 41.

Houve ainda mais testemunho. Quando João batizou Jesus, o próprio Jeová falou do céu. Por meio do espírito santo, ele designou Jesus como o Messias e disse: “Este é meu Filho, o amado, a quem tenho aprovado.” (Mateus 3:16, 17) O há muito prometido Messias havia chegado!

******************************************************

Cerca de 30 anos mais tarde, João, o Batizador, veio pregando que “o reino dos céus se tem aproximado”. Todos os quatro evangelistas citamISAÍAS 40:3 para mostrar que este João era aquele que ‘clamava no ermo’. (Mat. 3:1-3; Mar. 1:2-4; Luc. 3:3-6; João 1:23) Por ocasião de seu batismo, Jesus se tornou o Messias — o Ungido de Jeová e o renovo ou a raiz de Jessé — para governar as nações. É nele que devem depositar a sua esperança, em cumprimento de Isaías 11:1, 10. — Rom. 15:8, 12.

******************************************************

Por que é que João 1:23 cita ISAÍAS 40:3 e o aplica àquilo que João, o Batizador, fez ao preparar o caminho para Jesus Cristo, quando o assunto em consideração em ISAÍAS 40:3 é a preparação do caminho diante de Jeová? Porque Jesus representou a seu Pai. Ele veio no nome de seu Pai e tinha a garantia de que seu Pai estava sempre com ele, pois fazia as coisas que agradavam a seu Pai. — João 5:43; 8:29.

******************************************************

Às vezes, montes representam obstáculos. Por exemplo, os obstáculos que se interpuseram no caminho do retorno de Israel do exílio babilônico e os que mais tarde impediram o progresso da reconstrução do templo foram comparados a montes. ISAÍAS 40:1-4 A fé pode remover obstáculos montanhescos similares, e, se for da vontade de Deus, até mesmo montes literais. — Mt 17:20; 21:21; Mr 11:23; 1Co 13:2.  

******************************************************

ISAÍAS 40:4. Antes de empreenderem uma viagem, governantes orientais freqüentemente enviavam homens na frente para prepararem o caminho por remover pedras, aterrar depressões, nivelar lugares irregulares, e, às vezes, até mesmo nivelar morros. Em sentido figurado, os morros foram nivelados para tornar possível o desimpedido retorno dos judeus de Babilônia a Jerusalém, em 537 AEC. Isto era também profético da obra preparatória feita por João, o Batizador, antes do aparecimento do Messias. Lu 3:1-6.

******************************************************

O Criador de “novos céus e uma nova terra” é também o Organizador e Superintendente Supremo da congregação cristã, a “família de Deus”. (2 Pedro 3:13; 1 Timóteo 3:15) Está profundamente interessado no pastoreio do seu povo, conforme ISAÍAS 40:10, 11 declara especificamente: “Eis que o próprio Soberano Senhor Jeová virá mesmo como alguém forte, e seu braço governará por ele. Eis que está com ele a sua recompensa e diante dele está o salário que paga. Qual pastor ele pastoreará a sua própria grei. Com o seu braço reunirá os cordeiros; e os carregará ao colo. Conduzirá com cuidado as que amamentam.”

Em sentido ampliado, esta “grei” inclui aqueles que há muito têm andado na verdade cristã e os “cordeiros” que têm sido ajuntados em tempos bem recentes — tais como o grande número dos que agora estão sendo batizados na África e na Europa Oriental. O braço forte e protetor de Jeová reúne-os ao seu colo. Embora tenham sido como ovelhas perdidas, passaram agora a entrar numa relação íntima com o seu amado Deus e Pastor.

******************************************************

ISAÍAS 40:14 A sabedoria de Jeová é muito superior à de humanos imperfeitos, e o homem, não Deus, tem de aprender a vereda da justiça. De modo que o homem não está em condições de julgar os atos de Deus como justos ou injustos, mas tem de aprender a harmonizar seu modo de pensar com as normas de justiça que Jeová revela na sua Palavra. Deus disse aos israelitas: “Quanto aos meus caminhos, acaso não são acertados, ó casa de Israel? Não são os vossos caminhos que não são acertados?” (Ez 18:29) Também, ser Jeová o Criador elimina toda base para se questionar a justeza das suas atividades. — Ro 9:20, 21; veja também Jó 40:8-41:34.

******************************************************

“ACASO não vieste, a saber?” Esta pode parecer apenas uma pergunta sugestiva, induzindo muitos a responder: ‘Vim, a saber, o quê?’ Mas, trata-se duma pergunta séria. E podemos avaliar melhor a resposta por notar o contexto — no capítulo 40 do livro bíblico de ISAÍAS. Isaías, um hebreu antigo, a escreveu, de modo que a pergunta também é antiga. Mas ela é igualmente bem moderna relacionada com a essência do significado da nossa vida.  

******************************************************

Todos nós vez por outra ficamos cansados. Isso pode acontecer não só por causa do trabalho ou de outra atividade, mas também em resultado dos desafios que enfrentamos nestes “tempos críticos, difíceis de manejar”. (2 Tim. 3:1) Sendo servos de Jeová, como podemos conseguir a força espiritual necessária para não diminuir o passo no ministério?Fazemos isso por confiarmos naquele que é “vigoroso em poder”, Jeová conforme o relata de ISAÍAS 40:26 Ele está atento às nossas necessidades e tem interesse genuíno em nos ajudar. 1 Ped. 5:7.

******************************************************

Jeová diz por meio de seu profeta em ISAÍAS 41:1 ““Escutem-me em silêncio, ó ilhas; Que as nações renovem as suas forças. Que se aproximem e então falem. Vamos nos reunir para o julgamento.” Com essas palavras, Jeová desafiava as nações que se opunham ao seu povo. Que comparecessem à Sua presença e se preparassem para falar! Jeová exigia, como se fosse um juiz num tribunal, que essas nações apresentassem provas de que seus ídolos eram realmente deuses.Poderiam esses deuses predizer atos de salvação para seus adoradores ou condenações de seus inimigos? Em caso positivo, poderiam cumprir tais profecias? A resposta era não. Somente Jeová podia fazer tais coisas.

******************************************************

O registro bíblico diz o que aconteceu quando Jesus foi batizado em 29 EC: “Desceu sobre ele o espírito santo . . . e uma voz saiu do céu: ‘Tu és meu Filho, o amado; eu te tenho aprovado.’” (Luc. 3:21, 22) Assim, Jeová identificou claramente seu “escolhido”, mencionado na profecia de Isaías em ISAÍAS 42:1-7. Durante seu ministério terrestre, Jesus cumpriu essa profecia de modo notável. Em seu Evangelho, Mateus citou as palavras em ISAÍAS 42:1-4 e aplicou-as a Jesus. — Mat. 12:15-21.

******************************************************

Jesus nunca menosprezava os pobres e os desafortunados. Antes, ele cumpria ISAÍAS 42:3: “Não quebrará nenhuma cana esmagada; e quanto à fraca mecha de linho, não a apagará.” (Note Mateus 12:17-21.) Os atribulados eram como canas esmagadas, como mechas prestes a apagar-se por falta de combustível. Jesus, reconhecendo o estado lastimável deles, teve compaixão e infundiu-lhes força e esperança, curando-os espiritual e fisicamente. Mat. 4:23.

******************************************************

Jesus foi alvo de cruel perseguição e vitupério,  e seus inimigos por fim conseguiram fazer com que tivesse a morte mais indigna e dolorosa. No entanto, isso não era uma contradição da promessa que Deus fez de resguardar o Messias conforme o relato de ISAÍAS 42:1-6 A ressurreição de Jesus no terceiro dia, após sua morte ignominiosa, prova que Jeová ouviu seu clamor por ajuda, assim como ouviu o de Davi. Em resposta, Jeová deu-lhe forças para manter a integridade. (Mateus 26:39) Visto que foi resguardado dessa forma, Jesus obteve a imortalidade nos céus, e milhões de humanos que vêm exercendo fé no resgate têm a perspectiva de vida eterna.

******************************************************

O Servo escolhido de Jeová ‘abriria os olhos cegos’, ‘faria sair o preso do calabouço’ e libertaria ‘os sentados na escuridão’ conforme o relato deISAÍAS 42:7 Durante seu ministério terrestre, Jesus fez isso por expor tradições da religião falsa e pregar as boas novas do Reino. (Mat. 15:3; Luc. 8:1) Assim, ele libertou da escuridão espiritual judeus que se tornaram seus discípulos. (João 8:31, 32) De modo similar, Jesus tem proporcionado libertação espiritual a milhões de não-judeus. Encarregou seus seguidores de ‘fazer discípulos de pessoas de todas as nações’, prometendo que estaria com eles “até à terminação do sistema de coisas”. (Mat. 28:19, 20) De sua posição nos céus, Cristo Jesus supervisiona a obra de pregação mundial.

Anúncios

Um comentário sobre “ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS – ISAÍAS 38-42 DA SEMANA DE 23-29 DE JANEIRO DE 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s