Evidência bíblica da natureza impessoal do espírito santo

Come-Holy-Spirit.jpg

Note abaixo as características aplicadas pela Bíblia ao espírito santo que determinam, além de qualquer dúvida, a sua natureza impessoal:

ENCHE pessoas. – Êxo. 31:3; Atos 2:4.
Pode VIR SOBRE elas. – Juí. 3:10; Luc. 2:25.
Pode ESTAR ATIVO em pessoas. – Juí. 14:6; 1 Sam. 10:6.
É DERRAMADO. – Atos 2:17; 10:45.
DISTRIBUÍDO. – Heb. 2:4.
PARCELADO. – Núm. 11:17, 25.
SOPRADO. – João 20:22.

O espírito santo é comumente associado a coisas impessoais. A Bíblia fala de ‘batizar com espírito santo e com fogo’ (Mat. 3:11); de estar “cheio de fé e espírito santo” (Atos 6:5; 11:24); e de estar “cheios de alegria e de espírito santo”. (Atos 13:52) O espírito santo dá testemunho, mas não junto com o Pai e o Filho (João 8:17, 18), e sim, junto com coisas impessoais, tais como a água e o sangue. – 1 João 5:5-8.

Ademais, afirmar que o espírito santo é uma pessoa, além de ser biblicamente incorreto, tendo em vista o contexto bíblico, também implica em problemas teológicos desconcertantes para os defensores do dogma. Isso levantaria questões intrigantes, tais como:

Por que Jesus não apresentou o espírito santo como testemunha junto dele e do Pai? – João 8:17, 18.

Se Deus é uma Trindade, por que Jesus não disse: ‘Eu e o Pai e o Espírito Santo somos um’? – João 10:30.

Por que Jesus não mencionou o espírito santo, quando disse que a vida eterna depende de conhecer o Pai e o Filho? – João 17:3.

Por que ele disse que o Pai estava em união com ele e ele em união com o Pai, mas não citou o espírito santo como parte dessa união? – João 14:10, 11; 17:21-23.

Por que a “grande multidão” de salvos atribui a salvação ao Pai e ao Filho, mas não ao espírito santo? – Rev. 7:10.

Por que a Bíblia menciona “o trono de Deus e do Cordeiro”, mas não inclui o espírito santo? – Rev. 22:1.

Por que Paulo fala do “reino do Cristo e de Deus”, mas não inclui nesse reino o espírito santo? – Efé. 5:5.

Por que Jesus afirmou que somente ele e o Pai conhecem um ao outro plenamente, mas não incluiu o espírito santo nessa relação de conhecimento mútuo? – Luc. 10:22.

Por que João menciona que os cristãos têm parceria “com o Pai e com o seu Filho Jesus Cristo”, mas não inclui nessa parceria o espírito santo? – 1 João 1:3.

Além disso, se o espírito santo fosse uma pessoa, ele seria maior do que Jesus Cristo, pois a blasfêmia contra o Filho é perdoada, mas contra o espírito santo não. – Mat. 12:32.

Todo esse conjunto de provas biblicamente documentadas estabelece um nítido marco divisório entre a clara doutrina bíblica da impessoalidade do espírito santo e as pretensas, infundadas e antibíblicas afirmações de sua personalidade. Tal conjunto probatório constitui uma evidência cumulativa e harmoniosa com a inteira Bíblia Sagrada que só pode ser explicada pela veracidade do conceito bíblico de que o espírito santo é, de fato, a força ativa de Jeová Deus.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Evidência bíblica da natureza impessoal do espírito santo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s