ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS – ISAÍAS 63-66 DA SEMANA DE 27 DE FEVEREIRO A 05 DE DE MARÇO 2017

fevereiro1

Is 64:8 — Como Jeová age como nosso Oleiro? (Sentinela 15/06/13 pág. 25 parág. 3-5)

 

Quando o barro não serve mais ao objetivo inicial do oleiro, o oleiro pode fazer outro tipo de vaso ou simplesmente jogar fora o barro. Quando o barro se torna inadequado, porém, geralmente a falha é do oleiro. Mas isso nunca se dá com o nosso Oleiro Jeová. (Deut. 32:4) Quando uma pessoa não corresponde à moldagem de Jeová, a falha sempre é da pessoa. Jeová exerce sua autoridade, como a de um oleiro, sobre os humanos por ajustar seus tratos com eles conforme reagem à sua moldagem. Os que se deixam moldar são beneficiados. Por exemplo, os cristãos ungidos são “vasos de misericórdia” moldados para serem ‘vasos para uso honroso’. Por outro lado, os que obstinadamente se opõem a Deus tornam-se “vasos do furor, feitos próprios para a destruição”. — Rom. 9:19-23.

 

Is 66:1 — Em que sentido a Terra é o apoio para os pés de Jeová? (Profecia de Isaías vol. 2 pág. 391 parág. 3)

 

Isso não é um termo depreciativo, porque entre todos os bilhões de corpos celestes no Universo, somente a Terra se dá esse nome especial. O nosso planeta permanecerá para sempre como ímpar, pois foi aqui que o Filho unigênito de Jeová pagou o resgate, e é aqui que Jeová vindicará a sua soberania, por meio do Reino messiânico. Então é apropriado que a Terra seja chamada de apoio para os pés de Jeová.

 

O QUE A LEITURA DA SEMANA ME ENSINOU SOBRE JEOVÁ?

 

Para mostrar a necessidade de sempre nos reunirmos para adorar, Isaías profetizou em ISAÍAS 66:23 “‘Há de acontecer que de lua nova a lua nova e de sábado a sábado chegará a mim toda a carne para se curvar diante de mim’, disse Jeová.” Isso está acontecendo hoje. Todas as semanas, mês após mês, os cristãos dedicados se reúnem para adorar a Jeová. Fazem isso por, entre outras coisas, assistir a reuniões cristãs e participar no ministério de pregação.

**********************************************************************************************

Jeová em ISAÍAS 66:13 diz: “Assim como a mãe consola o seu filho, Assim continuarei a consolar vocês.” Jeová projetou o amor que a mãe tem aos filhos para que ele fosse abnegado e leal. Se já presenciou uma mãe amorosa consolar seu filho machucado, então sabe o que Jeová quer dizer com consolar ele seu povo.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 63:5 — Em que sentido o furor de Jeová o sustenta? O furor de Jeová é uma emoção controlada — sua indignação justa. Seu furor o sustenta e motiva para executar seus julgamentos justos.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 64:6. Humanos imperfeitos não podem salvar a si mesmos.Quanto à expiação pelos pecados, seus atos de justiça nada mais são do que roupa suja. — Romanos 3:23,24.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 65:13,14 Mostra que Jeová abençoa seus servos fiéis, suprindo fartamente suas necessidades espirituais.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 66:3-5 Mostra que Jeová odeia a hipocrisia.

**********************************************************************************************

Jamais devemos abusar da benevolência de Deus. Isaías diz em ISAÍAS63:10 “Eles mesmos se rebelaram e fizeram seu espírito santo sentir-se magoado. Transformou-se então em inimigo deles; ele mesmo guerreou contra eles.” Jeová alertou que, embora seja um Deus misericordioso e clemente, “de modo algum isentará da punição”. (Êxodo 34:6, 7) Os israelitas trouxeram sobre si a punição por estabelecerem um padrão de rebeldia. “Não te esqueças de como indignaste Jeová, teu Deus, no ermo”, lembrou Moisés. “Desde o dia em que saíste da terra do Egito até que chegastes a este lugar, mostrastes-vos rebeldes no vosso comportamento para com Jeová.” (Deuteronômio 9:7) Por resistirem aos seus efeitos sadios, eles magoaram, ou contristaram, o espírito de Deus. (Efésios 4:30) Obrigaram Jeová a se tornar inimigo deles.— Levítico 26:17; Deuteronômio 28:63.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 63:17 diz: “Por que, ó Jeová, continuas a fazer-nos vaguear dos teus caminhos? Por que endureces o nosso coração contra o temor de ti? Retorna por causa dos teus servos, as tribos de tua propriedade hereditária.” Sim, Isaías orou para que Jeová desse de novo atenção aos seus servos. Mas em que sentido Jeová fez os judeus vaguearem de Seus caminhos? Era Jeová culpado pela dureza dos seus corações, que os levou a não o temerem? Não, mas ele o permitiu e, no seu desespero, os judeus lamentaram que Jeová lhes tivesse dado tal liberdade. (Êxodo 4:21; Neemias 9:16) O desejo deles era que Jeová tivesse interferido para evitar que praticassem o erro.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 64:3 diz: “Quando fizeste coisas atemorizantes, que não podíamos esperar, tu desceste. Por tua causa tremeram os próprios montes.” Tais atos grandiosos demonstraram o poder e a Divindade de Jeová. Contudo, os infiéis judeus dos dias de Isaías não tinham o direito de esperar que Jeová agisse assim em benefício deles.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 64:6 diz: “Tornamo-nos como alguém impuro, todos nós, e todos os nossos atos de justiça são como uma veste para os períodos de menstruação; e desvaneceremos como a folhagem, todos nós, e os nossos próprios erros nos levarão embora como o vento.” Na parte final do exílio, é possível que os judeus arrependidos tivessem deixado de praticar a apostasia. Talvez se tivessem voltado para Jeová com atos de justiça. Mas ainda eram imperfeitos. No que diz respeito à expiação de pecados, as suas boas ações, embora louváveis, não eram melhores do que roupas sujas. O perdão de Jeová é uma dádiva imerecida, motivada por sua misericórdia. Não é algo que se possa merecer.— Romanos 3:23, 24.

**********************************************************************************************

 Isaías profetiza em ISAÍAS 66:6 “Há o som de um tumulto que vem da cidade, um som que vem do templo! É o som de Jeová retribuindo aos seus inimigos o que merecem.” No cumprimento original dessas palavras, a “cidade” era Jerusalém, onde ficava o templo de Jeová. O “som de um tumulto” implica o tumulto de guerra, ouvido na cidade quando foi atacada pelos exércitos babilônicos invasores, em 607 AEC.

**********************************************************************************************

Jeová expressa seu amor em ações. Assim, ele diz em ISAÍAS 66:14“Vocês verão isso, e seu coração se alegrará, Seus ossos se encherão de vigor como a relva verde. E a mão de Jeová será revelada aos seus servos, Mas ele ficará indignado com os seus inimigos.” Um gramático da língua hebraica opina que a expressão “Certamente vereis” (“Vocês verão isso”) sugere que, para onde quer que os exilados regressantes olhassem, na sua terra restaurada, “seus olhos veriam alegria”. Sem dúvida exultariam, com indescritível emoção, por estarem de volta na sua amada terra natal. Sentir-se-iam rejuvenescidos, como se seus ossos estivessem recuperando a força, revigorados como a relva na primavera. Todos saberiam que tal condição feliz não se devia a algum esforço humano, mas sim à “mão de Jeová”.

**********************************************************************************************

Ao falar sobre o futuro do homem e da Terra, o apóstolo Pedro escreveu: “Há novos céus e uma nova terra que aguardamos segundo a sua promessa [de Deus], e nestes há de morar a justiça.” (2 Pedro 3:13) A promessa de “novos céus e uma nova terra” foi originalmente feita por meio do profeta Isaías em ISAÍAS 65:17; 66:22 Por citar essa profecia, Pedro mostrou que em seus dias ela ainda não havia se cumprido por completo.

**********************************************************************************************

 

QUE PONTOS DA LEITURA POSSO USAR NO SERVIÇO DE CAMPO?

 

Descrevendo figurativamente a autoridade de Jeová sobre pessoas e nações, ISAÍAS 64:8 diz: “Mas agora, ó Jeová, tu és o nosso Pai. Somos o barro, e tu és o nosso Oleiro; Todos nós somos trabalho das tuas mãos.” O oleiro tem plena autoridade para moldar o barro e transformá-lo num tipo de vaso que ele deseja. O barro não tem nenhum controle da situação. Podemos mostrar para o morador que o mesmo se dá com o homem e Deus. Não cabe ao homem disputar com Deus, assim como o barro não pode disputar com o oleiro, cujas mãos lhe dão forma.

**********************************************************************************************

ISAÍAS 64:8 diz: Mas agora, ó Jeová, tu és o nosso Pai. Somos o barro, e tu és o nosso Oleiro; Todos nós somos trabalho das tuas mãos. O quadro mental retratado pelo profeta Isaías contém um ponto prático para analisarmos. De que forma Jeová, o Oleiro, molda a nós, o barro? É claro que ele não nos muda em sentido físico, talvez por melhorar nossa aparência.

Podemos mostrar para o morador que Jeová nos dá treinamento espiritual, não físico. Se permitirmos que ele nos molde, a transformação resultante será interna, ou espiritual, exatamente o que precisamos para combater as influências do mundo.

**********************************************************************************************

Novos céus e nova terra. A ligação dos “céus” com poder governante ajuda no entendimento do sentido da expressão “novos céus e uma nova terra”, encontrada em ISAÍAS 65:17; 66:22, e citada pelo apóstolo Pedro em 2 Pedro 3:13. Podemos mostrar para o morador que um novo céu e um nova terra significam um novo governo, novo reino, novo povo.”

**********************************************************************************************

A nova criação e sua prole espiritual, a grande multidão, exultam diante da promessa adicional de Deus em ISAÍAS 66:22 que diz: “‘Pois assim como os novos céus e a nova terra que eu faço estão postos diante de mim’, é a pronunciação de Jeová, ‘assim ficarão postos a vossa descendência e o vosso nome’.” Podemos mostrar para o morador quequão gratos devemos ser por Deus ter criado esses novos céus! Um novo governo justo, dessemelhante dos governos transitórios, corruptos, que por tanto tempo têm afligido a humanidade, este arranjo governamental de Deus será permanente e trará a verdadeira paz. 

Anúncios

4 comentários sobre “ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS – ISAÍAS 63-66 DA SEMANA DE 27 DE FEVEREIRO A 05 DE DE MARÇO 2017

  1. jaqueline quintanilha says:

    Que maravilhoso é encontrar sites blogs enfim..tudo que fale sobre a verdade que é a palavra de Jeová nosso Deus! Gostaria de saber se vc posta tbm comentários da revista Sentinela? Obrigada😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s