Daniel 10:13 Jesus é Miguel ?

“Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.” – Daniel 10:13

No vídeo abaixo segue uma explicação sobre esse texto. Compartilhem e comentem!

 

 

Como dito no vídeo Miguel é chamado de o grande Príncipe. Em hebraico a palavra ‘Sar’, que significa “príncipe”, “chefe”, deriva dum verbo que significa “exercer domínio”. Embora este termo seja muitas vezes traduzido “príncipe”, não necessariamente se aplica em cada caso ao filho dum rei ou a uma pessoa da realeza. Em Daniel capitulo 10 versículo 13 e o 20, príncipes demoníacos governando as potências mundiais da Pérsia e da Grécia. Apostolo Paulo deixa claro isso em Efésios 6:12 que diz:

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”.

Mas será que  Miguel o grande Príncipe se aplica a Jesus? Vejamos o que a Bíblia diz:

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz“. – Isaías 9:6

“O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, ao qual vós matastes, suspendendo-o no madeiro. Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados”. – Atos 5:30,31

“Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos.” – Daniel 9:25

Segue abaixo uma imagem detalhada mostrando que o Messias o Príncipe é Jesus.

179

 

Com base nos fatos apresentados, Jesus é o grande Príncipe, “Miguel o Arcanjo”.

Defensor Jw.

Anúncios

2 comentários sobre “Daniel 10:13 Jesus é Miguel ?

  1. Rodrigo Lima de Lima says:

    Cada nação tem ou tinha um anjo protetor? Poderia me explicar por favor gostaria de intender mais, obrigado muito bom seus videos sem olho, ajudao a entender a verdade biblica.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Defensor Jw says:

      A Bíblia deixa claro que forças demoníacas estão por trás do governo na terra. Um exemplo disso o Apostolo João disse em Apocalipse 13:1,2,7 “…e o dragão (Satanás) deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio… E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.”
      Sabemos que Satanás tem poder sobre os reinos da terra quando ele foi tentar Jesus ele disse “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero.”- Lucas 4:5,6
      Conforme escreveu o apóstolo Paulo, “os governantes mundiais” não são meros homens, mas são “forças espirituais iníquas nos lugares celestiais”. (Efé. 6:12). Por isso, por mais que os governantes tentem resolver os problemas do mundo e mesmo querendo e tendo uma boa intenção não conseguem.
      Daniel 10:20 fala do ‘príncipe da Pérsia’ só podia ser um agente do Diabo, ou seja, um demônio que havia recebido poder para controlar o domínio do Império Persa. Mais à frente no relato, o anjo de Deus disse que teria de lutar novamente contra “o príncipe da Pérsia” e contra outro príncipe demoníaco, “o príncipe da Grécia”.
      A que conclusão chegamos? Em poucas palavras, que realmente existem “governantes mundiais” invisíveis, príncipes demoníacos que dividem entre si o poder sobre o mundo, comandados por seu chefe, Satanás, o Diabo.

      obs: Jeová permita que “autoridades superiores” existam e controlem assuntos governamentais terrestres, ele não nomeia anjos sobre elas. (Romanos 13:1-7) Qualquer “príncipe” ou “governante” sobre elas só pode ser colocado ali pelo “governante do mundo”, Satanás, o Diabo. Seriam governantes demoníacos, em vez de guardiões angélicos. Há, portanto, forças ou “príncipes” demoníacos invisíveis por trás dos governantes visíveis, e os conflitos nacionais envolvem mais do que meros humanos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s